Gêneros de animes

Minna!!

Ah, porque invetam as provas bem quando estou tão afim de postar? T__T

O blog volta e eu sumo..¬¬

Gomennn… a todos.. >.<

Ahh , hoje estou voltando com um post que fez muito sucesso na primeira fase do blog..\o

Espero que gostem … \o/

Então , sem mais demora vou lhes apresentar todos os..

Gêneros de animes.. 

Primeiramente vou lhes explicar um pouquinho do significado disso tudo..

Animeanimê ou animé  em japonês, literalmente, desenho(s) animado(s)) é qualquer animação produzida no Japão. A palavra anime tem significados diferentes para os japoneses e para os ocidentais. Para os japoneses, anime é tudo o que seja desenho animado, seja ele estrangeiro ou nacional. Para os ocidentais, anime é todo o desenho animado que venha do Japão. A origem da palavra é controversa, podendo vir da palavra inglesa animation (“animação”) ou da palavra francesa animée (“animado”), versão defendida por pesquisadores como Frederik L Schodt e Alfons Moliné. Ao contrário do que muitos pensam, o animê não é um género, mas um meio, e no Japão produzem-se filmes animados com conteúdos variados, dentro de todos os géneros possíveis e imagináveis (comédia, terror, drama, ficção científica, etc.)


Shounen

Shōnen (em japonês: 少年 lit. garoto(s)) é um gênero de mangá ou anime direcionado a jovens do sexo masculino, apesar de poder também interessar a qualquer gênero ou faixa etária. As características mais comuns desse estilo são os enredos humorísticos e as cenas de ação, superação de desafio, competição e a perseverança, onde a vitória deve ser alcançada a qualquer custo. Muitas histórias dão ênfase à camaradagem entre homens em times ou equipes. Também é comum, em algumas histórias, a existência de belas personagens femininas, geralmente com cenas de semi-nudez ou nudez (ecchi), mas não em todas (essas series com nudez muitas vezes têm um tema romântico). O estilo de desenho não tem muitas características próprias, mas geralmente é mais simples que o shoujo.

Shoujo

Shoujo (em japonês: 少女 lit. menina(s)) é um termo usado para referir animes e mangás para garotas. Os mais conhecidos no Ocidente são os romances ou comédias românticas que normalmente envolvem personagens da mesma idade do público-alvo (adolescentes). Entretanto, também é possível encontrar mangás shōjo de conteúdo histórico, de ficção científica ou terror, por exemplo. O primeiro mangá considerado shojo foi A Princesa e o Cavaleiro criado pelo mangaká Osamu Tezuka que conta com muitas obras famosas de outros gêneros de mangá como Astro Boy, na década de 50.

Bishoujo

 
Bishōjo (em japonês: 美少女 lit. menina bonita) é um termo japonês usado para referir-se a garotas jovens e bonitas, geralmente abaixo da idade universitária. Bishoujo não está listada como palavra no proeminente dicionário japonês Koujien. Uma variante, biyoujo (em japonês: 美幼女), refere-se a garotas antes da idade da adolescência. Tambem há Bishounen, que ja se refere a garotos jovens bonitos.

Seinen

 
Seinen (em japonês: 青年) que significa “homem jovem” no Japão, é a definição dada aos mangas e animes voltados para o público masculino entre os 20 a 40 anos. Os personagens dos Seinen geralmente estão em torno dos 20 aos 40 anos e passam por problemas típicos de sua faixa etária, tendo muitas histórias se aprofundando em temas como negócios e política passando até por complexas histórias de ficção científica que exigem conhecimento universitário para se compreender. Uma das características dos Seinen é a liberdade das histórias, pois não existem restrições, pode se colocar cenas explícitas de sexo em histórias seinen sem que sejam consideradas pornográficas

Josei

Josei (em japonês: 女性) que significa “mulher” em japonês, é a definição dada aos mangás e animes normalmente voltados para o público feminino adulto. O Josei é um amadurecimento do shoujo. As histórias são geralmente na vida e o cotidiano feminino, mostrados de forma mais realista, enquanto os mangás shoujo (voltado para meninas e adolescentes) apresentam, em especial, romances idealizados. O estilo do traço usado geralmente é mais sóbrio do que o do estilo shoujo.

Kodomo

Kodomo (em japonês: 子供 lit. criança(s)) é um gênero de animê ou mangá voltado para o público infantil. Mangás infantis também são conhecidos como kodomomuke manga (em japonês: 子供向け漫画 lit.mangá(s) para crianças) e os animês, kodomomuke anime (em japonês: 子供向けアニメ lit. animê(s) para crianças). A Kodomos Shounens como por exemplo Digimon e Pokemon.

Gekiga

Gekiga (劇画 ou “figuras dramáticas”) é o termo em japonês usado para definir um tipo mais adulto de mangá, voltado para públicos amadurecidos, sendo um estilo que pode retratar tanto temas reais quanto fictícios. Com um traço pesado, é um estilo não muito difícil de ser identificado: tramas psicológicas, busca de lei e ou vingança, armas (de fogo, espadas, adagas e tonfas), sangue, mortes etc..

Ecchi

Ecchi ou Etchi (em japonês: エッチ em tradução livre, “obsceno”) é um termo japonês que refere-se a relação sexual.
No Ocidente, o termo é associado principalmente com animes,mangás, ou jogos que apresentem a sensualidade como principal tema, em contraste com o termo hentai, usado para aqueles que apresentam sexo explícito.
A origem da palavra é incerta, porém, acredita-se que seja um acrônimo em japonesa da própria palavra Hentai, pelo fato de que no japão a letra H tem som de Ecchi/Etchi, sendo que muitas vezes se referem a mangás hentai como H-mangá

Mahou shoujo

Mahou shoujo (em japonês: 魔法少女 lit. moça(s) mágica(s)) é um sub-género de anime e mangá shoujo e um tipo de personagem feminina jovem com poderes mágicos. Exemplos famosos de animes dessa categoria são Sailor Moon , Cardcaptor Sakura e Ojamajo Doremi. O primeiro mangá Mahō shōjo foi Sally the Witch (1966) de Mitsuteru Yokoyama.
As histórias mais famosas de mahō shōjo apresentam jovens meninas com capacidades sobre-humanas e que são forçadas a lutar contra o mal. As mahou shoujo são também conhecidas no Japão como majokko (em japonês: 魔女っ子 lit. menina(s) feiticeira(s)). Existe também os mahou shounen (em japonês: 魔法少年 lit.menino(s) mágico(s)), facilmente identificáveis por seguirem essas mesmas características e constituem geralmente de séries shonen e shojo.

Mecha

Um mecha (em japonês: メカ meka abreviatura de mechanical, inglês paramecânico) é um robô gigante (geralmente bípede) controlado por um piloto ou controlador, comuns em algumas obras de ficção científica, mangá e anime. Um mecha geralmente é uma máquina de guerra ou combate com pernas, cujos principais oponentes são monstros gigantes ou outros mechas. Geralmente são construídos em formato antropomórfico (de ser humano) ou de animais.
O conceito de mecha está intimamente relacionado ao de exoesqueletos na ficção científica, que seriam estruturas vestidas por uma pessoa capazes de ampliar seus movimentos ou conferi-la mais força. A diferença é que um exoesqueleto é “vestido” pelo piloto (em volta do corpo e imitando seus movimentos), enquanto um mecha é pilotado por controles ou mentalmente.

Harém

Harém é um gênero de anime e mangá que apresenta um personagem masculino ou feminino, que vive rodeado por várias personagens do sexo oposto. Normalmente, são comédias românticas, mas podem se tratar de outros tipos. Harém em anime ou mangá é um termo usado para caracterizar, quando um protagonista é cercado, geralmente amorosamente, por três ou mais personagens do sexo oposto, o mínimo que pode haver é três personagens do mesmo sexo. Caso contrário, é um triângulo amoroso. O mais comum é quando o cenário é dominado pelo sexo feminino, por exemplo, um grupo de meninas que acompanha um certo menino, e em alguns casos coabitam com o ele, isso é quando a intimidade é quase habitual. Algumas pessoas também sugerem que hárem são construídos em torno de um fetiche primário. Mas um anime/Mangá Harém não necessita apenas de ser romântico, o ato de no enredo um rapaz ser cercado por três meninas sendo que nenhuma das quais têm um interesse romântico nele, também é um anime-mangá harém.

Yaoi

Yaoi (やおい) é um gênero de publicação que tem o foco em relações homossexuais entre dois homens e tem geralmente o público feminino como alvo. O termo se originou no Japão e inclui mangá, anime, novelas e dōjinshis. No Japão esse gênero é chamado de “Boy’s Love”, ou simplesmente “BL”, e “yaoi” é mais usado por fãs do ocidente. O yaoi se expandiu para além do Japão; materiais podem ser encontrados nos Estados Unidos, assim como em nações ocidentais e orientais ao redor do mundo. Quando é mais leve a relação, se diz Shounen-ai.

Yuri

Yuri (em japonês: 百合) é um gênero de mangá e anime que descreve relações românticas entre mulheres. Yuri é mais usado para conteúdo explícito, enquanto shoujo-ai para conteúdo mais leve. Porém, há também o yuri orange, que possui conteúdo explícito e pornográfico, referente ao amor de duas garotas. A palavra tem origem no Japão, onde essa diferença no uso das palavras é mais marcante, e as lésbicas japonesas não usam nenhuma das palavras para se descreverem. O termo, incorretamente usado para definir relações sexuais entre duas garotas, é usado para indicar relações não-explícitas, ou seja, mostra o antes e o depois, nunca o durante (geralmente, há algum fator da trama que impede sua exibição).


Shotacon

Shotakon (em japonês: ショタコン) ou shotacon, geralmente abreviado para shota (ショタ), é um termo japonês para um complexo relativo à sexualidade (Shôtaro Complex), onde um adulto homem ou mulher sente-se atraído por um garoto mais novo e vice-versa. No mundo ocidental, este termo é usado para referir–se especificamente ao anime ou mangá que mostra garotos na puberdade ou na pré-puberdade ao lado de personagens mais velhos que tenham atração por crianças. Esses trabalhos são, freqüentemente, de natureza sexual, e alguns temas comuns são yaoi e incesto com um irmão mais velho ou outro membro familiar. O equivalente feminino do shotacon é conhecido como lolicon – Um adulto Homem ou mulher que sente-se atraído por uma garota mais nova e vice-versa. Alguns críticos afirmam que o gênero shotacon contribui com a estimulação do abuso sexual infantil, enquanto outros afirmam que é exatamente o contrário.

Lolicon

Lolicon (em japonês: ロリコン), lolikon ou loli-con é uma abreviatura de lolita complex, ou seja, complexo de lolita em inglês. A palavra é usada no Japão para pedofilia ou efebofilia. Fora do Japão, geralmente é usada quando se refere a animes ou mangás que retratam meninas menores de idade (de 6 a 17 anos) em situações sexuais ou de nudez.
As leis japonesas consideram que mangás e animes sobre lolicon não são ilegais desde que crianças de verdade não sejam empregadas na sua produção, permitindo o surgimento de um grande mercado para esse tipo de produto. Também existem na sociedade japonesa outras formas de exploração infantil que seriam ilegais no Ocidente, como o enjo kosai, e de certa forma boa parte do mercado japonês de pornografia explora o gosto pela juventude. As leis mexicanas também permitem o lolicon.
Entretanto, a subcultura lolicon já foi acusada de encorajar a prostituição infantil. Defensores do lolicon dizem que ele não afeta negativamente as crianças e até desestimula pedófilos a procurar crianças reais.

Hentai

[Sem imagem]
Hentai (em japonês: 変態 ou へんたい) é uma palavra japonesa que, nos países ocidentais, é usado para se referir, em especial, à pornografia nos estilos japoneses de desenho (anime e mangá).
No Oriente, a palavra hentai significa metamorfose, pornografia ou perversão sexual; nunca é usado para referir a atividade sexual “normal”, nem qualquer entretenimento de sexo explícito (vale lembrar que as palavras têm impacto diferente, se uma japonesa chama um amigo de hentai, é equivalente a tarado, ou pervertido, sem uma conotação suja e doentia). Os termos 18-kin (18禁, literalmente “18-proibido”), que significa “proibido a menores de 18 anos”, e seijin manga (成人漫画, “manga para adultos” ) são usados pelos japoneses nesse sentido. Outro termo utilizado para hentai no oriente é H-mangá (H漫画).
Minna.. \o espero que tenham gostado..
Volto na proxima falando um pouco mais sobre um deles..
Domo Arigatou por visitarem o blog
Ja ne!!
Manga Anime Girls CG 3005
Anúncios

4 comentários em “Gêneros de animes

  1. EU AMEI!! >.<

    Tem muita coisa ai que eu não sabia, e descobri so hj ¬¬…( atrazado)
    mas fico muito bom o post mesmo gostei!!bom trabalho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s